Qual o melhor horário para postar nas redes sociais?

Tempo de leitura: 5 minutos

As vantagens do monitoramento de redes sociais trazem melhoras para o alcance de posts, e através do monitoramento é possível conhecer o comportamento do público, assim mapeando o perfil que o marketing digital irá seguir.

Além do tipo de conteúdo, utilizando plataformas de monitoramento, é possível conhecer qual o horário mais propício para cada rede social, mas o que isso significa?

Quando um post é publicado em um horário aleatório a possibilidade dele ser despercebido, ou não gerar engajamento, é grande. Já que, talvez seu público foco não esteja online naquele momento, mas se o post tivesse sido feito uma hora após os resultados poderiam ter sido totalmente positivos. Mas como saber qual seria o melhor momento para postar? O monitoramento de redes sociais faz possível compreender e identificar qual o melhor dia da semana e horário para realizar posts de forma assertiva, o conhecido timing da comunicação, ou seja, um post que seja capaz de alcançar o público certo, que já seja um lead ou um novo possível lead.

O importante é compreender que, além do horário e do dia da semana, deve-se alinhar ao planejamento de conteúdo, qual post é próprio para cada rede social. O monitoramento acaba trazendo um melhor planejamento já que utilizando esta ferramenta pode-se analisar os resultados de ações digitais, e assim mapear oportunidades e falhas.

As redes sociais em geral possuem seus melhores horários padrão conforme analisado pelas próprias mídias, isto segundo especialistas e análises das próprias redes sociais. Porém isso não quer dizer que o melhor horário para sua empresa postar segue este exato padrão. Este padrão de redes sociais como Facebook, Instagram, Twitter e Linkedin seguem um estudo sobre os níveis de postagens em geral, mas não analisam conforme o mercado que você se encaixa. Ou seja, não possui uma análise por setor, mercado, produto, público e nem comportamento dos diferentes consumidores de um produto.

Um exemplo para compreender isto é: uma empresa que vende cases de celular (capinhas para celular), possui diversos tipos de consumidores. Os que compram pela beleza do produto, e enfeitar o aparelho móvel, ou os clientes que compram para apenas proteger seu celular. Estas duas classes de consumidores acabam por ser atraído por diferentes posts, e podem estar online em momentos divergentes. Mas como monitorar este fator? Como entender qual horário e qual conteúdo são mais propícios para minha empresa?

No caso do exemplo abaixo, através do monitoramento de redes, a empresa consegue identificar que o maior volume de interações sobre sua empresa – ou produto – acontece nas quartas-feiras, os horários estão indicados na imagem, juntamente com o gráfico de picos por dia da semana. Ou seja, esta empresa deve programar seus posts nos horários apresentados abaixo para gerar maior engajamento e alcance. Mas para outra empresa esses horários poderiam se alterar e o dia também, dependendo unicamente de seu produto e público.

O gráfico acima exemplifica um panorama geral das interações (no Twitter, Facebook e Instagram) de uma empresa. Mas no caso de um mapeamento mais aprofundado, cada rede social teria seu próprio gráfico, com suas especificações de horários.

 

Recomendamos para você:  O que é monitoramento de redes sociais?

Quer algumas dicas para suas redes sociais? Aqui vai uma checklist para você guiar seu planejamento:

 

1- Conheça seu produto e seu público-alvo

Entenda seu produto e como ele deve ser anunciado. Juntamente à isto, conheça seu público, entenda suas preferências e assim busque publicar o conteúdo propício para gerar alcance, engajamento e resultados positivos tanto no meio digital quanto em conversão de vendas.

 

2 – Tenha um comportamento linear a cada rede social – isto baseado em sua estratégia digital

Conheça seu público em cada rede social, e planeje suas postagens conforme o comportamento de seu público em cada uma delas. Não assuma que seu público é o mesmo nas diferentes redes sociais, nem que uma postagem deva ser publicada no mesmo horário em todas as redes. Evite analisar mídias próprias de modo equivocado.

 

3- Conheça ferramentas de monitoramento para acompanhar os resultados de suas ações

Caso sua empresa tenha dificuldades para compreender os dois pontos acima, ou até mesmo queira planejar de modo mais efetivo suas ações digitais e seus resultados, é necessário utilizar programas ou plataformas que auxiliem neste aspecto. Para começar a entender mais sobre, analisar os próprios índices gerados pelo monitoramento básico do Facebook, por exemplo. Mas para obter um monitoramento menos superficial, e que possa analisar todas redes sociais, contrate uma plataforma de monitoramento para facilitar a identificação de oportunidades digitais, já que é uma ferramenta não só para redes próprias e sim para ajudar no planejamento digital perante seu público-alvo e também concorrentes.

 

4- Analisando os resultados, trace sua estratégia de timing de comunicação

Após analisar suas postagens e seus resultados, reveja os pontos que não foram assertivos, e reprograme sua estratégia. Conheça seu timing de comunicação para que assim possa ser possível alcançar suas metas. Neste momento você tem duas opções: manter a frequência nova usando os resultados de melhores horas, ou experimentando novos horários para conhecer a verdadeira melhor oportunidade, já que assim pode-se descobrir um comportamento não esperado de seu público, com horários horários que gerem resultados incomparáveis diante dos anteriormente usados. Além disto, através de monitoramentos, pode-se monitorar também seus concorrentes, gerando insights para redes e planejamento.

 

Recomendamos para você:  Mudanças da API do Facebook: o que muda na análise e monitoramento de redes sociais

5- Obtenha melhores resultados

Seguindo os passos acima, você terá todos os aspectos que acarretam em bons resultados. Mas o que são bons resultados? São posts que possuam grande engajamento, alcance e que, ou mantenham seu público, ou obtenha novos leads. Lembrando que cada novo lead pode se tornar um novo cliente, gerando assim uma conversão de marketing para venda.

 

Quer conhecer mais sobre monitoramento? Ficou com alguma dúvida ou curiosidade? Fale conosco!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *