Inteligência Competitiva: 19 termos que a sua empresa precisa conhecer

Tempo de leitura: 7 minutos

Estar atento às principais mudanças e tendências de seu mercado é de grande importância para estar sempre à frente dos principais players do seu segmento, certo? A partir da Inteligência Competitiva é possível saber quais são os métodos e práticas utilizados pelos concorrentes diretos de seu negócios, e com isso, adaptá-los ou utilizá-los como base para a consolidação de processos que busquem melhorar a sua posição competitiva.

Mas o que é Inteligência Competitiva?

Inteligência Competitiva, ou Inteligência de Mercado trata-se do processo de coleta e análise de informações sobre o seu mercado, seus concorrentes e sobre seus clientes. Esta prática visa compreender como o mercado funciona e com base nessas informações, é possível otimizar as estratégias de sua empresa, seja no ambiente físico ou tecnológico. O conhecimento obtido a partir da Inteligência de Mercado proporciona às empresas a oportunidade de lidar com os efeitos e reações da ambiência externa.

A inteligência competitiva também pode ser realizada através do meio digital e das redes sociais, como explica o especialista no assunto, Prof. Doutor Alfredo Passos no portal Administradores:    

“Entender o que uma determinada empresa está fazendo com a utilização de redes sociais, iphone, entre outros recursos de tecnologia é extremamente importante, especialmente antes das ações serem concretizadas.”

inteligência competitiva gráficos sentimento
Figura 1: Comparação de Sentimentalização dos posts de Arezzo, Dakota, Melissa e Schutz nas redes sociais.

Ao analisarmos as melhores formas de realizar inteligência competitiva, nos deparamos com diversos termos de gestão como: Benchmark, Insights, KPI e Dashboard, mas qual é o verdadeiro significado deles?

Inteligência Competitiva: Glossário

Para facilitar o entendimento dos principais termos relacionados à inteligência competitiva, realizamos uma breve explicação de cada um. Os termos estão organizados em ordem alfabética!

1. Benchmark: Método de gestão que consiste na análise do desempenho de uma organização, permitindo a comparação de sua performance com outras empresas. Geralmente estas comparações são realizadas com empresas líderes de um segmento ou concorrentes diretos.

2. Benchmark Estratégico: O conceito de Benchmark Estratégico diferencia-se do Benchmark pela comparação dos aspectos chave da organização em relação a outros concorrentes e empresas.

3. Big Data: De acordo com Rafaela Pozzebon, do portal Oficina da Net: “Podemos definir Big Data como os conjuntos de dados de grande volume e que necessitam de ferramentas especiais para lidar com grandes quantidades, de forma que todas as informações possam ser encontradas, analisadas e também aproveitadas no tempo necessário”. Big Data pode ser analisado para a obtenção de insights que levam a melhores decisões e direções estratégicas de negócio.

4. Business Intelligence: Também chamado de BI, ou inteligência empresarial,  refere-se aos métodos de coleta, organização e análise de informações relevantes para uma empresa. Estas informações podem ser sobre concorrentes, clientes, fornecedores, por exemplo. Processo que auxiliar a transformação de dados em informações cruciais para a gestao do negócio.

5. CRM: Sigla em inglês para Gestão de Relacionamento com Clientes (Customer Relationship Management). Trata-se de softwares especializados na oferta de soluções que possibilitam que as empresas armazenem e organizem as informações sobre seus contatos, como reuniões realizadas, conversas, entre outros).

6. Cultura Organizacional: De acordo com a Endeavor: “a cultura organizacional é responsável por reunir os hábitos, comportamentos, crenças, valores éticos e morais e as políticas internas e externas de uma empresa”. É a cultura organizacional que vai elaborar as diretrizes para uma empresa de sucesso.

7. Dashboard: Painel de controle onde são apresentadas as principais informações necessárias e relacionadas a um ou mais objetivos do negócio. Essas informações são ajustadas em uma tela para fácil acompanhamento de desempenho.

8. Espionagem Industrial: De acordo com a Investopedia, importante portal mundial sobre conteúdo financeiro,  espionagem Industrial é o conceito atribuído ao furto de informações empresariais não-públicas através da remoção, cópia ou gravação de dados confidenciais ou valiosos de uma empresa, pelo interesse de um de seus competidores. A espionagem industrial é conduzida apenas por interesses comerciais e é considerada ilegal.

9. Feedback: De acordo com Carlos Hilsdorf, no portal Administradores: “Entende-se por feedback o processo (parte de uma cadeia de causa e efeito), onde uma informação sobre o passado influencia um mesmo fenômeno no presente e/ou no futuro, permitindo ajustes que mantenham um sistema funcionando corretamente” Este termo é muito utilizado no departamento de Recursos Humanos, mas também pode ser aplicado em processos e estratégias.

10. Forecasting: Trata-se de da previsão ou da projeção de acontecimentos futuros que podem vir a impactar nos negócios de uma empresa, sejam positivos ou negativos.

11. Insights: Percepções e impressões que surgem a partir da análise de dados e informações. Esta palavra está geralmente associada quando uma solução ou ideia surge de forma repentina.

Inteligência Competitiva Tag Cloud

12. Inteligência de Mercado: Termo muito relacionado à inteligência competitiva. De acordo com o Instituto Politécnico de Ensino a Distância (iPED): “nada mais é do que o processo procurar, analisar e realizar a aplicação de muitas informações dentro da atuação de mercado, procurando também direcionar tudo para atingir um público alvo pré-determinado.”

13. KPI: Sigla para Key Performance Indicator que em português significa Indicador-Chave de Performance. De acordo com o portal Marketing de Conteúdo: “Ele é uma forma de medir se uma ação ou um conjunto de iniciativas estão efetivamente atendendo aos objetivos propostos pela organização”. Pode ser um número ou um percentual.

14. Métricas: Dados e informações sobre uma atividade ou resultados que podem ser medidos ou comparados entre períodos ou entre empresas. Se por algum motivo a métrica se torna de grande importância para seu negócio, ela se torna um indicador-chave (KPI).

15. Modelo de Negócios: São as principais definições de uma empresa sobre os seus processos de entrega de valor aso seus públicos de interesse. A partir do modelo de negócios se estabelecem os métodos de atração de clientes, as ofertas de produtos e outras questões associadas à gestão da empresa.

16. Pain Points: Entende-se por Pain Points (pontos de dor ou pontos críticos), aspectos dentro da operação de uma empresa que são críticos para seu sucesso. Geralmente são associados à possíveis falhas ou problemas encontrados pelo mesma, como alta porcentagem de churn, por exemplo.

17. Pesquisa de Mercado: De acordo com o Instituto PHD: “A Pesquisa de Mercado ou Inteligência de Marketing, é o estudo realizado para coletar as informações que possam identificar oportunidades de melhoria e de problemas”. Geralmente são pesquisas realizadas com os consumidores ou clientes finais.  

18. Self Service Data: Forma de inteligência comercial na qual os profissionais da própria empresa tem a possibilidade e são encorajados a analisar e trabalhar os dados coletados, sem necessidade de apoio consultivo. A partir deste tipo de analytics, é possível manipular dados e identificar oportunidades de negócios sem a necessidade de ter conhecimento profundo em estatísticas e tecnologia.   

19. SWOT: A Matriz SWOT (Strengths, Weaknesses, Opportunitties and Threats, ou Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças), é importante ferramenta estratégica utilizada na gestão das empresas. A partir da definição desta matriz, a empresa identifica onde estão suas diferenças competitivas, quais são as suas falhas, e as oportunidades e ameaças de seu mercado.

 

Recomendamos para você:  Sentimonitor no Jornal do Comércio: Análise do governo do RS nas redes sociais

Quer entender como é possível utilizar o monitoramento de mídias sociais para realizar inteligência competitiva e descobrir como o seu negócio está em relação aos seus principais concorrentes e as médias de mercado nas redes sociais? Entre em contato conosco ou crie uma conta!

3 Comentários


  1. Adorei esse site, em particular essa matéria. Sou apaixonado por marketing e gosto muito do tema relacionado a estratégias e essas ferramentas contidas nessa matéria, como por exemplo, análise SWOT, KPI, Benchmarking, Business Intelligence , dentre outras, são essenciais no meio competitivo atual. Tem uma outra ferramenta de gestão de empresas muito importante também chamada Balanced Scorecard.

    Responder

    1. Grato saber que gostas do site curtistes a matéria! Realmente Balances Scorecard é um excelente ferramenta para planejamento estratégico e acompanhamento do progresso da empresa, bem lembrado!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *