Inteligência Competitiva: 19 termos que a sua empresa precisa conhecer

Tempo de leitura: 7 minutos

Estar atento às principais mudanças e tendências de seu mercado é de grande importância para estar sempre à frente dos principais players do seu segmento, certo? A partir da Inteligência Competitiva é possível saber quais são os métodos e práticas utilizados pelos concorrentes diretos de seu negócios, e com isso, adaptá-los ou utilizá-los como base para a consolidação de processos que busquem melhorar a sua posição competitiva.

Mas o que é Inteligência Competitiva?

Inteligência Competitiva, ou Inteligência de Mercado trata-se do processo de coleta e análise de informações sobre o seu mercado, seus concorrentes e sobre seus clientes. Esta prática visa compreender como o mercado funciona e com base nessas informações, é possível otimizar as estratégias de sua empresa, seja no ambiente físico ou tecnológico. O conhecimento obtido a partir da Inteligência de Mercado proporciona às empresas a oportunidade de lidar com os efeitos e reações da ambiência externa.

A inteligência competitiva também pode ser realizada através do meio digital e das redes sociais, como explica o especialista no assunto, Prof. Doutor Alfredo Passos no portal Administradores:    

“Entender o que uma determinada empresa está fazendo com a utilização de redes sociais, iphone, entre outros recursos de tecnologia é extremamente importante, especialmente antes das ações serem concretizadas.”

inteligência competitiva gráficos sentimento
Figura 1: Comparação de Sentimentalização dos posts de Arezzo, Dakota, Melissa e Schutz nas redes sociais.

Ao analisarmos as melhores formas de realizar inteligência competitiva, nos deparamos com diversos termos de gestão como: Benchmark, Insights, KPI e Dashboard, mas qual é o verdadeiro significado deles?

Inteligência Competitiva: Glossário

Para facilitar o entendimento dos principais termos relacionados à inteligência competitiva, realizamos uma breve explicação de cada um. Os termos estão organizados em ordem alfabética!

1. Benchmark: Método de gestão que consiste na análise do desempenho de uma organização, permitindo a comparação de sua performance com outras empresas. Geralmente estas comparações são realizadas com empresas líderes de um segmento ou concorrentes diretos.

2. Benchmark Estratégico: O conceito de Benchmark Estratégico diferencia-se do Benchmark pela comparação dos aspectos chave da organização em relação a outros concorrentes e empresas.

3. Big Data: De acordo com Rafaela Pozzebon, do portal Oficina da Net: “Podemos definir Big Data como os conjuntos de dados de grande volume e que necessitam de ferramentas especiais para lidar com grandes quantidades, de forma que todas as informações possam ser encontradas, analisadas e também aproveitadas no tempo necessário”. Big Data pode ser analisado para a obtenção de insights que levam a melhores decisões e direções estratégicas de negócio.

4. Business Intelligence: Também chamado de BI, ou inteligência empresarial,  refere-se aos métodos de coleta, organização e análise de informações relevantes para uma empresa. Estas informações podem ser sobre concorrentes, clientes, fornecedores, por exemplo. Processo que auxiliar a transformação de dados em informações cruciais para a gestao do negócio.

5. CRM: Sigla em inglês para Gestão de Relacionamento com Clientes (Customer Relationship Management). Trata-se de softwares especializados na oferta de soluções que possibilitam que as empresas armazenem e organizem as informações sobre seus contatos, como reuniões realizadas, conversas, entre outros).

6. Cultura Organizacional: De acordo com a Endeavor: “a cultura organizacional é responsável por reunir os hábitos, comportamentos, crenças, valores éticos e morais e as políticas internas e externas de uma empresa”. É a cultura organizacional que vai elaborar as diretrizes para uma empresa de sucesso.

7. Dashboard: Painel de controle onde são apresentadas as principais informações necessárias e relacionadas a um ou mais objetivos do negócio. Essas informações são ajustadas em uma tela para fácil acompanhamento de desempenho.

8. Espionagem Industrial: De acordo com a Investopedia, importante portal mundial sobre conteúdo financeiro,  espionagem Industrial é o conceito atribuído ao furto de informações empresariais não-públicas através da remoção, cópia ou gravação de dados confidenciais ou valiosos de uma empresa, pelo interesse de um de seus competidores. A espionagem industrial é conduzida apenas por interesses comerciais e é considerada ilegal.

9. Feedback: De acordo com Carlos Hilsdorf, no portal Administradores: “Entende-se por feedback o processo (parte de uma cadeia de causa e efeito), onde uma informação sobre o passado influencia um mesmo fenômeno no presente e/ou no futuro, permitindo ajustes que mantenham um sistema funcionando corretamente” Este termo é muito utilizado no departamento de Recursos Humanos, mas também pode ser aplicado em processos e estratégias.

10. Forecasting: Trata-se de da previsão ou da projeção de acontecimentos futuros que podem vir a impactar nos negócios de uma empresa, sejam positivos ou negativos.

11. Insights: Percepções e impressões que surgem a partir da análise de dados e informações. Esta palavra está geralmente associada quando uma solução ou ideia surge de forma repentina.

Inteligência Competitiva Tag Cloud

12. Inteligência de Mercado: Termo muito relacionado à inteligência competitiva. De acordo com o Instituto Politécnico de Ensino a Distância (iPED): “nada mais é do que o processo procurar, analisar e realizar a aplicação de muitas informações dentro da atuação de mercado, procurando também direcionar tudo para atingir um público alvo pré-determinado.”

13. KPI: Sigla para Key Performance Indicator que em português significa Indicador-Chave de Performance. De acordo com o portal Marketing de Conteúdo: “Ele é uma forma de medir se uma ação ou um conjunto de iniciativas estão efetivamente atendendo aos objetivos propostos pela organização”. Pode ser um número ou um percentual.

14. Métricas: Dados e informações sobre uma atividade ou resultados que podem ser medidos ou comparados entre períodos ou entre empresas. Se por algum motivo a métrica se torna de grande importância para seu negócio, ela se torna um indicador-chave (KPI).

15. Modelo de Negócios: São as principais definições de uma empresa sobre os seus processos de entrega de valor aso seus públicos de interesse. A partir do modelo de negócios se estabelecem os métodos de atração de clientes, as ofertas de produtos e outras questões associadas à gestão da empresa.

16. Pain Points: Entende-se por Pain Points (pontos de dor ou pontos críticos), aspectos dentro da operação de uma empresa que são críticos para seu sucesso. Geralmente são associados à possíveis falhas ou problemas encontrados pelo mesma, como alta porcentagem de churn, por exemplo.

17. Pesquisa de Mercado: De acordo com o Instituto PHD: “A Pesquisa de Mercado ou Inteligência de Marketing, é o estudo realizado para coletar as informações que possam identificar oportunidades de melhoria e de problemas”. Geralmente são pesquisas realizadas com os consumidores ou clientes finais.  

18. Self Service Data: Forma de inteligência comercial na qual os profissionais da própria empresa tem a possibilidade e são encorajados a analisar e trabalhar os dados coletados, sem necessidade de apoio consultivo. A partir deste tipo de analytics, é possível manipular dados e identificar oportunidades de negócios sem a necessidade de ter conhecimento profundo em estatísticas e tecnologia.   

19. SWOT: A Matriz SWOT (Strengths, Weaknesses, Opportunitties and Threats, ou Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças), é importante ferramenta estratégica utilizada na gestão das empresas. A partir da definição desta matriz, a empresa identifica onde estão suas diferenças competitivas, quais são as suas falhas, e as oportunidades e ameaças de seu mercado.

 

Recomendamos para você:  Twitter atrai público mais jovem em relação ao facebook.

Quer entender como é possível utilizar o monitoramento de mídias sociais para realizar inteligência competitiva e descobrir como o seu negócio está em relação aos seus principais concorrentes e as médias de mercado nas redes sociais? Entre em contato conosco ou crie uma conta!

4 Comentários


  1. Adorei esse site, em particular essa matéria. Sou apaixonado por marketing e gosto muito do tema relacionado a estratégias e essas ferramentas contidas nessa matéria, como por exemplo, análise SWOT, KPI, Benchmarking, Business Intelligence , dentre outras, são essenciais no meio competitivo atual. Tem uma outra ferramenta de gestão de empresas muito importante também chamada Balanced Scorecard.


    1. Grato saber que gostas do site curtistes a matéria! Realmente Balances Scorecard é um excelente ferramenta para planejamento estratégico e acompanhamento do progresso da empresa, bem lembrado!


  2. Post marsvilhoso !!! Claro e objetivo. Parabéns!!


  3. Olá, obrigado pela vossa disponibilidade.
    Gostei muito do seu post, vou acompanhar o seu blog/site.
    Muito obrigado
    Manuela Silva

Comentários encerrados.