Instagram: a rainha do conteúdo visual

Tempo de leitura: 5 minutos

Nota: O Facebook e o Instagram realizaram alterações em suas APIs em abril de 2018, que restringiram as informações permitidas para coleta e armazenamento de suas redes sociais. Para conferir o mudou no Instagram leia este post. Para entender as mudanças no Facebook clique aqui.

O Instagram é uma rede social e um aplicativo para smartphones que permite o compartilhamento de fotos e vídeos. Nesta rede é possível utilizar filtros nas imagens e vídeos – o que torna o Instagram uma rede social totalmente focada no visual. A proposta é que mesmo fotos e vídeos amadores pareçam profissionais através dos filtros. Além disso é possível marcar a localização das fotos e vídeos e marcar usuários nas publicações.

As postagens são compartilhadas em uma linha do tempo, o que permite que os usuários acompanhem o que acontece em tempo real. Atualmente, as fotos podem ser compartilhadas em outras redes sociais – como Facebook, Twitter, Tumblr, Flickr e Foursquare.

A hashtag (#) tem a função de indexar temas. É amplamente utilizada em legendas e comentários dos usuários. O Instagram é também acessível na web, mas apenas com as funções de visualização, comentários e curtidas. Para fazer o upload de fotos é necessário utilizar a versão mobile do aplicativo.

Conhecendo a história do Instagram

O Instagram surgiu em 2010 e desde então apresentou diversas novas funcionalidades e conquistou centenas de milhares de novos usuários. Preparamos uma linha do tempo para melhor compreensão do que aconteceu nestes anos:

2010

O Instagram foi lançado em outubro de 2010. Dois meses depois, em dezembro,  a rede havia atingido um milhão de usuários.

2011

Em setembro de 2011, o Instagram contava com 150 milhões de fotos compartilhadas. No mesmo ano o Instagram ganhou o prêmio de “aplicativo do ano para Iphone”.  

2012

Em abril de 2012, o aplicativo passa a estar disponível também para Android. Em setembro de 2012, o Facebook anunciou a compra do Instagram por $ 1 bilhão.  Após, as páginas puderam ser vistas também na Web (anteriormente só era possível acessar o Instagram através dos smartphones). Ainda em 2012, os usuários puderam adicionar locais as suas fotos (através de geolocalização).

2013

Recomendamos para você:  Grupos no Facebook - Aumente o número de membros e o engajamento dos seus grupos através da análise de mídias sociais

Em junho de 2013 o compartilhamento de vídeos até 15 segundos foi permitido. Em setembro de 2013, o Instagram atingiu 150 milhões de usuários.  No final do mesmo ano, em dezembro, foi lançada a funcionalidade de envio de mensagens diretas (com fotos e filtros), e a possibilidade de monitorar hashtags no Sentimonitor.  

2014

No início de 2014, um relatório do Global Web Index mostrou que Instagram foi a rede social com o mais rápido crescimento. Seus usuários ativos cresceram 23% em apenas 6 meses. Poucos meses depois, o Instagram ultrapassou o Twitter em usuários móveis. O aplicativo de compartilhamento de fotos atingiu 35 milhões de usuários móveis mensais, quase cinco milhões a mais do que aqueles no Twitter móvel.

2015

Em 2015 o Instagram lançou uma espécie de chat por mensagem  direta. No mesmo ano, as fotos puderam ser compartilhadas, pela primeira vez, em formatos diferentes do quadrado (600×600 pixels) – agora também em vertical (2048 x 2048) e horizontal. O Sentimonitor passa a permitir também o monitoramento de perfis públicos específicos a que um usuário tenha acesso.

É importante ressaltar que durante todo o período, desde o seu lançamento até hoje, o Instagram atualizou os filtros e funcionalidades para a edição das fotos de acordo com a necessidade dos usuários.

Atualmente, o Instagram tem cerca de 300 milhões de usuários ativos, o Brasil ocupa o terceiro lugar de usuários na rede, perdendo apenas para os Estados Unidos e a Rússia.

Compreendendo as funcionalidades do Instagram

No Instagram, cada usuário recebe um @ em frente ao nome. É o nome do usuário. Cada vez que o usuário for citado na rede ou marcado em alguma publicação, receberá a notificação que o seu nome (com o @) recebeu uma menção.

O usuário pode seguir outros usuários – e a partir disso, cada publicação dos usuários seguidos aparecerá na linha do tempo. A interação não é necessariamente mútua, um usuário pode seguir sem ser seguido ou, ao contrário, ser seguido e não seguir de volta outro usuário.

O Instagram também permite que os usuários se enviem mensagens diretas. É permitido também curtir fotos, fazer comentários, marcar pessoas em fotos e enviar fotos postadas na rede para pessoas que você segue através de mensagens diretas.

Compra direta

Recomendamos para você:  Redes sociais: Não existe almoço grátis

Recentemente o Instagram também adicionou a opção de compra direta (redirecionando para sites) em posts patrocinados (posts pagos para aparecer em determinadas linhas do tempo).

Instagram: a melhor rede social para marcas interagirem com usuários

O Instagram é uma rede social que permite compartilhar fotos e vídeos  – ou seja, uma rede social extremamente visual. Essa característica é importante para marcas  que possuem produtos esteticamente agradáveis – a chance de engajamento nesse caso é maior. Marcas que trabalham com vestuário, setor alimentício, acessórios etc.

De acordo com uma pesquisa da consultoria Forrester Research, o Instagram é a melhor rede social para as marcas interagirem com os usuários, ficando à frente do Twitter e do Facebook, por exemplo.  Isso porque o engajamento gerado no Instagram é maior que em outras redes.

Para essa pesquisa, a consultoria comparou páginas de 50 grandes marcas que possuem perfis nas redes sociais. Apesar de algumas possuírem mais seguidores no Facebook, por exemplo, o número de curtidas e comentários foi menor do que no Instagram, mesmo com menos seguidores.

E a sua empresa, tem produtos visualmente agradáveis?

Caso queira entender melhor como orientar a sua produção de conteúdo, suas ações de marketing e analisar métricas no Instagram, entre em contato com a gente e comece a monitorar as melhores práticas nesta rede!

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *