Conversamos com um especialista, saiba tudo sobre Inteligência Competitiva!

Tempo de leitura: 5 minutos

Assim como em outros departamentos de uma organização, no departamento responsável pela gestão da presença online e das redes sociais de uma empresa, também é muito importante estar atento às principais tendências de seu setor e também da atuação de sua concorrência.

Buscando a palavra de um dos maiores especialistas em inteligência competitiva no Brasil, realizamos uma entrevista com o Professor Doutor em Administração, Alfredo Passos, o primeiro profissional da América Latina a ser honrado com o SCIP CatalystAward da Strategic and Competitive Intelligence Professionals, USA, pela contribuição e pesquisa sobre Inteligência Competitiva no Brasil. O Professor Doutor Passos também é colunista do “Portal Administradores” e conselheiro da Rede Prestige Azores – Portugal, além de possuir 5 livros publicados e ter experiência na coordenação de cursos de pós-graduação, graduação e cursos tecnológicos. Confira:

Alfredo Passos (1)

Qual é a definição de Inteligência Competitiva?

Inteligência competitiva é um programa sistemático de coleta e análise da informação sobre atividades dos concorrentes e tendências gerais dos negócios, visando atingir as metas da empresa, conforme definição de Larry Kahaner.

Por quê deve se utilizar a Inteligência Competitiva?

Para diminuir riscos. Além de melhores ganhos em participação de mercado e rentabilidade. Pesquisas da SCIP – Strategic and Competitive Intelligence Professionals, USA, comprovam que empresas com profissionais especializados em Inteligência Competitiva tem vantagens sobre as empresas que não tem profissionais com essa formação, metodologia e técnica.

Quando uma empresa ou negócio deve começar a realizar Inteligência Competitiva?

Qualquer organização, empresa com fins lucrativos, profissionais tomadores de decisão – em pesquisa e desenvolvimento, marketing, planejamento estratégico, gestão produtos, vendas – procuram obter informações antecipadas sobre os movimentos do mercado, seus clientes e consumidores.

À medida que aumenta o número e a complexidade dessas informações, aumenta o número de profissionais para processá-las. E desse processo nasce o processo de “Inteligência Competitiva”.

E nesse processo, informação, integração e acesso formam as condições fundamentais para que um profissional, uma área ou um departamento possa dar suporte à tomada de decisões que qualquer gestor moderno necessite.

Como é possível utilizar as conclusões feita a partir do estudo de Inteligência Competitiva para direcionar as ações de marketing da empresa?

O principal para se dizer a respeito de Inteligência Competitiva é que um profissional busca insights exclusivos e relações até então não detectadas entre os dados.

Por exemplo, colocar cerveja próximo a prateleira de fraldas na loja de conveniência. Uma vez que o comprador, na maioria das vezes, é do sexo masculino. Já que saiu para uma compra especial, vai levar algo especial para ele também.

Então aqui, não cabe discutir as fases de coleta, análise, se com software estatístico, e/ou variáveis estatísticas de modelagem. O que importa é o resultado que a empresa irá ver. Ou seja, o resultado do trabalho de “Inteligência”.

Os profissionais de Inteligência conseguem elaborar relatórios, sumários ou exposições escritas, faladas, digitais ou em vídeo. E qualquer que seja o conteúdo ou formatação, o essencial é que a utilização enderece uma tomada de decisão, seja ela de marketing, vendas, planejamento estratégico ou desenvolvimento de um novo produto.

Como as novas tecnologias de análise, como o monitoramento de mídias sociais, podem auxiliar os profissionais de Inteligência Competitiva no seu trabalho?

A internet possibilitou que um número cada vez maior de fontes de informações seja colocado à disposição dos profissionais e das empresas. Por outro lado, acompanhar diariamente a quantidade dessas informações sobre empresas, produtos, serviços e inovações, não é mais possível para um único profissional.

Com isso, foram surgindo empresas especializadas na captação de informações impressas, eletrônicas e digitais, para que assim os analistas de Inteligência, tenham condições de fazer recomendações para suas respectivas empresas. E como a tecnologia avança cada vez mais rápida também, o monitoramento das mídias sociais, que de longe deixaram de ser apenas o Facebook. Twitter, YouTube para se transformar em ações até que desaparecem em segundos como Snapchat, precisam ser cada vez mais seguidas.

Qual a importância da Inteligência Competitiva diante das redes sociais nos dias atuais?

As redes sociais vêm transformando o comportamento de milhões de pessoas. Muitos já não param mais para olhar com atenção outras pessoas nos horários das refeições, no horário do trabalho, e até mesmo quando encontram seus familiares. Independente do julgamento que se faça a se comportamento, cabe ao profissional de Inteligência, verificar que grupos de pessoas, agora com um dispositivo móvel, que neste momento, chamado “smartphone” acabam por ter mais ligação com esse aparelho do que possivelmente com que qualquer outra pessoa mais próxima.

Esquecer o “smartphone” pode ser o fim da vida profissional, financeira, acadêmica para muitos que deixam em um só aparelho, tudo registrado. E, como analistas de uma sociedade, de um grupo, de estratos sociais, cabe ao profissional de Inteligência Competitiva antecipar movimentos da concorrência, do consumo ou tendências, que possam colocar em risco uma organização, ou determinados produtos e serviços, que possam não mais, ser do agrado, e portanto, não mais rentáveis, para aquela empresa, que se não perceber esses movimentos, poderá em um primeiro momento perder mercado, e se demorar um pouco, poderá encerrar suas atividades!

Quer entender melhor como a inteligência competitiva pode ser feita a partir do monitoramento e da análise de mídias sociais? Crie uma conta em nossa plataforma ou entre em contato conosco!

Recomendamos para você:  Descoberta de influenciadores nas mídias sociais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *